PAISAGISMO DIGITAL

Tudo sobre paisagismo




Pesquisar Artigos
 
Ano:
 

Seção de Artigos
Gramados em Paisagismo
21/02/2015 - Marcos Cocco

Plantas ornamentais: Rosa do deserto Adenium Obesum em Bonsai
16/02/2015 - Jango Verde

A História do Beija-flor, o amante das flores
07/02/2015 - Rômulo Cavalcanti Braga

Paisagismo: Dicas simples para ter um belo jardim
02/02/2015 - Regina Motta

Meio Ambiente: A Corrente Pedagógica da descoberta
26/01/2015 - Jaime Vieira


Artigos Anteriores
Lista com todos os Artigos do Paisagismo Digit@l

Buscar matéria nas edições publicadas

Top 10 Paisagismo Digital




AuE Soluções - Revista Eletrônica
Lançamento: Versão BETA das versões 2016 já disponível*
11/02/2015 - Davi Severiano

AutoLANDSCAPE: Coletânia de matérias
11/02/2015 - Davi Severiano

HydroLANDSCAPE: Coletânea de tutoriais
11/02/2015 - Inácio Arantes M. P. Júnior

PhotoLANDSCAPE: Novas perspectivas para os pisos.
11/02/2015 - Rafael Paulo Lino


Confira a Revista Eletrônica


Agenda de Paisagismo
Garden Fair 2004 - Tecnologia em Paisagismo e Jardinagem
01/04/2004 - 03/04/2004

II SIGRA - Simpósio sobre manutenão em Gramados
28/05/2004 - 29/05/2004

II Seminário Internacional de Paisagismo - Paisagismo e Lazer
03/06/2004 - 04/06/2004

VII ENEPEA - Encontro Nacional de Ensino de Paisagismo em Escolas de Arquitetura e Urbanismo no Brasil
09/06/2004 - 12/06/2004


Confira a Agenda da Revista AuE Paisagismo



Cadastre-se
Cadastre-se gratuitamente para receber as notícias do Blog do Paisagismo Digital por e-mail.

Nome:
e-mail:

Paisagismo na piscina
Autor: Antônio Marcos Lepri Morandin - Data: 25/11/2009

RSS

Escolhendo plantas para o paisagismo da piscina:

Quem tem piscina descoberta sabe que a limpeza e a limpidez da água, assim como a sanidade, são muito importantes.
Plantas próximas no próprio terreno ou na vizinhaça contribuem com folhas levadas pelo vento, que parecem atraídas magneticamente pela água.

Quando o tempo começa a mudar prenunciando chuva o feliz proprietário encarregado de manter a água limpa sofre um stress ao imaginar o trabalhão que terá depois pra “caçar as borboletas” de folhas com a rede.

Para diminuir o trabalho, o plantio de espécies de plantas de folhas perenes ajuda, além de compor excelente visual nestas horas de lazer junto à piscina com a família e amigos.
Não queremos dizer que o jardim deva ser feito de plantas de folhas rígidas como aloés ou bromélias.
Mas existem muitas plantas ornamentais de ótimo efeito paisagístico que podem ser usadas para o projeto ao redor de uma piscina.

Não é preciso colocar plantas demais, basta um maciço com plantas bem escolhidas que darão a nota alegre e colorida ao espaço.

Plantas para piscina nos lugares de clima ameno:

Para quem reside em locais de clima mais temperado, o uso de coníferas para uma barreira visual e de vento que servirá de cortina alta, protegendo a privacidade do jardim. Muito usado em paisagismo, o junípero kaisuka (Juniperus chinensis) está sendo bastante usado para este fim.




Plantados a uma distância de 60cm um do outro, em linha, comporão a tela de fundo.


Na frente, a colocação de arbustos com flores, como abélias (Abelia grandiflora), gardênia (Gardenia jasminoides) ou hibiscos (Hibiscus rosa sinensis)e ainda caso queira, o buchinho decorado com casca de pínus e pedras grandes causa um grande impacto, e seu custo é bem acessível.
A gardênia tem floração na primavera, já o hibisco e a abélia tem floração contínua.



Para complementar o visual a adição de herbáceas menores, como lantanas (Lantana camara), Ixora (Ixora chinensis) e lavandas (Lavandula dentata), que estão sempre floridas mas com mais flores durante o verão, quando a piscina estará mais em uso.


Plantas para piscina nos lugares de clima mais quente:

Para regiões de clima mais quente podem ser usados o hibisco da Síria (Hibiscus syriacus) ou bambus (Bambu gracilis) para a cortina de privacidade, conferindo um ar mais tropical no entorno da piscina.



Também podem ser usadas palmeiras, que conferem aquele ar tropical inconfundível.
Jerivá (Syagus) ou cicas(Cycca revoluta) são facilmente encontradas e também resistem ao frio, podendo ser usadas em locais mais ao sul do país.
Os jerivás tem na verticalidade seu maior encanto, enquanto as outras são muito ornamentais pela forma de suas folhas.



Arbustos ideais para este tipo de clima podem ser a ixora (Ixora coccinea), abélias (Abelia grandiflora), mussaendas (Mussaenda) ou mil-cores (Breynia).
Entre as herbáceas as helicônias (Heliconia), a ave-do-paraíso (Strelitzia) ou a orquídea-bambu (Arundina) que não soltam folhas ou flores e fazem belo efeito em um maciço compacto de folhagens.





Coberturas vegetais:
Como cobertura vegetal pode ser boa opção a cinerária (Senecio), de altura média ou uma rasteira, a hera (Hedera) verde ou variegada.



Se a opção for usar mulching de cascas de pinus, não haverá necessidade de bordadura, mas no caso de desejar um arremate para o canteiro, o uso de begônia (Begonia semper florens) ou liríope (Liriope) fará belo efeito.
A begônia pode ser encontrada com folhas verdes ou cor de vinho e as flores em branco, rosa e vermelha.



A opção pela cor de folhas e flores dependerá da cor das outras plantas do conjunto planejado.
Na hora de comprar as plantas para o jardim, lembre-se de unir o útil ao agradável, e combinar bem as plantas. Por exemplo a ave-do-paraíso, pode ser combinada porque seu azul restaura a calma interior, enquanto o laranja traz energia e revitaliza o corpo e tudo ao seu redor. Leia mais sobre a ave-do-paraíso na revista Arranjo Floral, edição 69, com Antônio Marcos Lepri dando dicas e como usá-las. www.casadois.com.br

O liríope tem suas folhas semelhantes a um capim num tom de verde-prata, muito interessante para arremate do canteiro.



Diferentes composições de canteiros ou formando conjunto de vasos:

A indicação destas plantas serve para compor dezenas de jardins, em combinações infinitas.


Formas de canteiros podem ser delineados num desenho esquemático, onde curvas são melhores que linhas retas.

Ao longo do comprimento da piscina poderá haver um canteiro estreito com plantas altas como os juníperos ou hibiscos, mas deve-se procurar reservar algum espaço para compor um maciço de plantas.

Para quem não aprecia muito cuidar de um jardim, o plantio de gramado e vasos com plantas perenes e sem grandes necessidades de manutenção também é uma boa opção. Dentre as plantas aqui sugeridas muitas podem ser cultivadas em vasos, também a areca-bambu, o buchinho, a ficus trançada, bambu-mossô, bambuzinho, ágave, pingo de ouro, podem ser cultivadas em vasos também para quem não tem jardim em casa, e essas plantas não dão muito trabalho.



O jardim ao redor da piscina deve trazer ao observador beleza, tranquilidade e relax, pois é seu momento de desfrutar de um lazer no seu tempo livre.

antoniomarcos.lm@terra.com.br
Antônio Marcos Lepri Morandin

Leia também:

Plantas para paisagismo:Agapanto

Bromélias

Cultivo de árvores outonais


Porque usar palmeiras em Paisagismo

Tenha fontes, cascatas e lagos no jardim

Origem do Paisagismo



Email

Ver Artigo Anterior   Ver Próximo Artigo
 

Comente este Artigo:
Login/e-mail:
Senha:

Qual a sua avaliação sobre este artigo ?

Digite o seu comentário sobre o artigo:
 


Esta matéria ainda não foi avaliada
| Envie esta página a um amigo | Adicione aos Favoritos |

Página carregada em 30 milisegundos...

Programas de Computador para Paisagistas
DVD 7 visões da paisagem
Projetos de paisagismo e jardinagem
Conheça a Oficina das Palmeiras
BOIATCHE BROMELIARIO
marisalima@marisalima.com.br
www.floraiuca.com.br
Mostre seus produtos para o público certo!

Inclua seu banner aqui


 

AuE Soluções Todos os direitos reservados à AuE Soluções - (32) 3217-1501 - paisagismodigital@auesolucoes.com.br
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuidosem prévia autorização.